Notícias da CCR SPVias

Notícias

01/10/2018 | Release

Instituto CCR e CCR SPVias apoiam o Movimento Outubro Rosa

Outubro Rosa

Outubro Rosa

Entre as iniciativas do Instituto CCR está a promoção da qualidade de vida e da saúde. Por isso, em mais um ano, o Instituto apoia o movimento internacional Outubro Rosa, estimulando as concessionárias do Grupo CCR a atuar pela conscientização sobre o câncer de mama, com foco na prevenção da doença. “Ter atitudes preventivas é fundamental. O câncer de mama é uma das doenças mais frequentes, mas pode ser tratada e curada se houver o diagnóstico precoce”, alerta o Dr. José Antonio Coelho Júnior, médico cirurgião-geral e coordenador de Qualidade de Vida do Grupo CCR.
A ação, que acontece em parceria com a ARTESP (Agência de Transportes o Estado de São Paulo), tem o objetivo de conscientizar o usuário na prevenção da doença. Por isso, ao longo de todo o mês, motoristas receberão folhetos sobre o tema nas praças de pedágio e verão mensagens em painéis eletrônicos das rodovias, nas redes sociais do Grupo CCR e no site da CCR SPVias (www.spvias.com.br).
Além das mensagens externas, a Concessionária também trabalhará junto a seu público interno, convidando os colaboradores a usar alguma peça rosa por um dia e divulgando informações de conscientização por meio de comunicação interna.

Mais sobre o movimento e a doença
O movimento conhecido como Outubro Rosa nasceu nos Estados Unidos, na década de 1990, para estimular a participação da população no controle do câncer de mama. A data é celebrada anualmente com o objetivo de compartilhar informações sobre a doença e promover a conscientização sobre a importância da detecção precoce.
As mulheres com idade a partir dos 40 anos devem procurar o médico regularmente para fazer o exame de mamografia, além de realizar o autoexame. De acordo com informações do INCA, Instituto Nacional de Câncer, o câncer de mama é o tipo mais comum entre as mulheres no mundo e no Brasil, depois do câncer de pele não melanoma. Responde por cerca de 28% dos casos novos a cada ano. O câncer de mama também acomete homens, porém, representa apenas 1% do total de casos da doença.

Fonte: Comunicação CCR SPVias


Baixar essa noticia em PDF.
Voltar