Notícias da CCR SPVias

Notícias

19/12/2017 | Release

CCR SPVias inaugura duplicação do trecho urbano da Rodovia João Mellão (SP 255), em Avaré

Duplicação SP 255 - Trecho Urbano Avaré

Duplicação SP 255 - Trecho Urbano Avaré

Fonte: Clóvis Ferreira - Digna Imagem

Duplicação SP 255 - Trecho Urbano Avaré

Duplicação SP 255 - Trecho Urbano Avaré

Fonte: Clóvis Ferreira - Digna Imagem

Duplicação SP 255 - Trecho Urbano Avaré

Duplicação SP 255 - Trecho Urbano Avaré

Fonte: Clóvis Ferreira - Digna Imagem

Duplicação SP 255 - Trecho Urbano Avaré

Duplicação SP 255 - Trecho Urbano Avaré

Fonte: Clóvis Ferreira - Digna Imagem

Nesta segunda-feira, 18 de dezembro, a CCR SPVias, empresa fiscalizada pela ARTESP (Agência de Transportes do Estado de São Paulo), liberou ao tráfego a duplicação do trecho urbano da Rodovia João Mellão (SP 255), em Avaré, entre o km 254,28 e km 261,42.
O evento de inauguração foi realizado no km 255,200 da SP 255 e contou com a presença do Governador do Estado de São Paulo, Geraldo Alckmin, representantes da CCR SPVias e da ARTESP, políticos, órgãos oficiais, imprensa e comunidades locais.
Para realizar a duplicação de 7,14 quilômetros da Rodovia João Mellão, a CCR SPVias fez um investimento de R$ 184,2 milhões (base julho/2017), gerando cerca de 1.200 empregos diretos.
Além de viabilizar a duplicação entre o km 254,28 ao km 261,42, a Concessionária construiu mais de 3 quilômetros de vias marginais, implantou e remodelou 5 dispositivos de acesso e retorno e 3 passarelas para travessia segura de pedestres.
De acordo com o diretor-presidente da CCR SPVias, José Salim, a duplicação do trecho urbano da SP 255 em Avaré é uma conquista para o sudoeste paulista e intensificará o desenvolvimento da região. “A obra trouxe melhorias nas condições de acesso aos bairros localizados ao longo da rodovia, aumentando a fluidez do tráfego, a segurança e o conforto de usuários e pedestres. Além disso, facilitará o escoamento da produção agrícola regional, se firmando como um importante corredor do transporte rodoviário e de mercadorias”, afirma.
 

Fonte: Comunicação CCR SPVias


Baixar essa noticia em PDF.
Voltar